Sugestões Para Sair A toda a hora Bem Em Selfieis

15 Apr 2019 23:24
Tags

Back to list of posts

<h1>Voc&ecirc; Pegou Essa Imagem Com Quem?</h1>

<p>Novo queridinho dos brasileiros, o bast&atilde;o pra acoplar c&acirc;meras e celulares &eacute; visto com regularidade em v&aacute;rios pontos tur&iacute;sticos pelo mundo. Tudo pra proporcionar cliques perfeitos das f&eacute;rias e, de quebra, mostrar-se nas redes sociais. Com a aux&iacute;lio do chamado &quot;pau de selfie&quot;, turistas podem revelar novos &acirc;ngulos de cen&aacute;rios famosos e tamb&eacute;m incorporar um grupo extenso de amigos numa s&oacute; imagem.</p>

<p>Outros entram na onda s&oacute; pra n&atilde;o continuar fora da mais recente modinha. 180, em m&eacute;dia - tem sido t&atilde;o extenso que vendedores ambulantes oferecem venda e aluguel do material em praias badaladas e, em algumas lojas, o estoque da novidade agora come&ccedil;a a permanecer mi&uacute;do. No entanto o emprego da novidade assim como pede cuidados especiais. Cortes De Cabelo M&eacute;dio ⋆ De Frente Para o Mar de utilizar o acess&oacute;rio, tenha &oacute;timo senso: verifique se o bast&atilde;o n&atilde;o est&aacute; invadindo uma foto alheia ou se voc&ecirc; est&aacute; atrapalhando o trajeto de outros turistas ao esticar o objeto. Assim como atente-se a quem est&aacute; ao teu redor ao tirar a imagem: voc&ecirc; pode evidenciar criancinhas desnecessariamente ou ainda incluir alguma cena desagrad&aacute;vel que voc&ecirc; n&atilde;o deseja destacar.</p>

<p>Para auxiliar quem &eacute; adepto do “pau de selfie”, o UOL Viagem ouviu as sugest&otilde;es de Fl&aacute;vio Florido, editor de fotografia do UOL. UOL Viagem - O que &eacute; mais importante pela hora de tirar uma bacana selfie da viagem? Fl&aacute;vio Florido - O primeiro ponto que temos que nos preocupar &eacute; a claridade. Algumas vezes ocorre de n&atilde;o prestarmos aten&ccedil;&atilde;o de onde ela vem e isso normalmente resulta naquelas fotos em que a pessoa est&aacute; escura e o fundo aparece bem iluminado. Precisamos ver para a sombra, tentar perceber de onde vem a ilumina&ccedil;&atilde;o e se posicionar de frente pra ela, para conseguir um melhor enquadramento. UOL Viagem - O que devia privilegiar: o epis&oacute;dio ou as pessoas?</p>

<p>Fl&aacute;vio Florido - Acredito que em tal grau as pessoas como o local s&atilde;o consider&aacute;veis e precisamos tentar localizar uma forma de combinar as duas coisas. Com a aux&iacute;lio do “pau de selfie” voc&ecirc; pode localizar &acirc;ngulos inusitados e com isto incluir &quot;peda&ccedil;os&quot; do ambiente que voc&ecirc; est&aacute;, a t&iacute;tulo de exemplo, uma cota de uma est&aacute;tua ou de uma constru&ccedil;&atilde;o, e isto com toda certeza remeter&aacute; ao recinto.</p>

<p>UOL Viagem - O tamanho do “pau de selfie” faz diferen&ccedil;a? Fl&aacute;vio Florido - A dist&acirc;ncia do smartphone ou da c&acirc;mera faz diferen&ccedil;a sim: isso pode talvez permitir enquadrar um espa&ccedil;o superior, revelando mais elementos do lugar. Todavia v&aacute;rias vezes voc&ecirc; pode tentar se movimentar e at&eacute; j&aacute; descobrir posi&ccedil;&otilde;es divertidas para alcan&ccedil;ar o mesmo efeito. Acredito que faz quota deste tipo de fotografia a divers&atilde;o e o ato de fotografar se torna um ciclo que vai ser lembrado por todos, n&atilde;o apenas na imagem que foi produzida, todavia tamb&eacute;m pela &quot;desarruma&ccedil;&atilde;o&quot; que isso causou. UOL Viagem - Existe um &acirc;ngulo sublime para apontar o “pau de selfie”? Fl&aacute;vio Florido - A todo o momento carecemos tomar cuidado com a angula&ccedil;&atilde;o.</p>

<p>Se voc&ecirc; botar muito com inten&ccedil;&atilde;o de cima vai adquirir aquele efeito &quot;Branca de Neve e os 7 An&otilde;es&quot; - e voc&ecirc; ser&aacute; um dos an&otilde;es! &Eacute; uma op&ccedil;&atilde;o divertida, todavia pode tornar-se repetitiva e mostra insuficiente o ambiente que voc&ecirc; est&aacute;, a n&atilde;o ser que esteja num precip&iacute;cio. Prontamente se voc&ecirc; apadrinhar uma angula&ccedil;&atilde;o muito baixa vai simplesmente tornar-se um gigante e, em geral, o c&eacute;u fica como fundo, o que n&atilde;o valoriza em tal grau o local. O ideal &eacute; tentar localizar uma angula&ccedil;&atilde;o que permita equilibrar o ambiente com as pessoas.</p>
<ol>
<li>123 esp&eacute;cies registradas</li>
<li>Diga com o globo rural</li>
<li>Conex&atilde;o Leitor</li>
<li>Jeito incessante para fotos da Super Lua Hoje</li>
<li>Busque a claridade</li>
<li>um - Enquadre</li>
</ol>

<p>UOL Viagem - Vale a pena comprar o objeto ou &eacute; melhor requisitar para outro turista tomar sua imagem? UOL Viagem - Como proceder no momento em que o contexto inclui um monumento enorme, como o Cristo Redentor, ou a Est&aacute;tua da Liberdade? E no momento em que o cen&aacute;rio &eacute; uma cachoeira ou praia? Explore O Universo Da Fotografia Manual Com Sua C&acirc;mera DSLR - Em cen&aacute;rios amplos queremos a toda a hora brincar com a propor&ccedil;&atilde;o dos materiais.</p>

<p>De acordo com o &acirc;ngulo, voc&ecirc; pode ficar maior que o Cristo Redentor ou ainda parecer uma formiguinha pela praia. 8-bit: Saiba Como Transformar Tua Imagem Em Imagem Cheia De Pixels assim desejamos nos divertir. O acess&oacute;rio tamb&eacute;m circunst&acirc;ncia controv&eacute;rsias: h&aacute; quem ache o bast&atilde;o um excesso - e fa&ccedil;a piada nas m&iacute;dias sociais chamando-o de GoPobre, em fonte ao nome da marca de c&acirc;mera pioneira a usar o instrumento, a GoPro.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License